terça-feira, 28 de setembro de 2010

A abelha Boca-de-sapo (Partamona Helleri)

Uma abelha muito rústica e criticada por muitos, onde pessoas as confundem com as Arapuãs, e muitas vezes elas são eliminadas por falta de conhecimento!

É conhecida popularmente como Boca de sapo pela sua entrada caracteristica formando a forma de uma boca grande de sapo, feita de barro com própolis.

Muito do contrário do que muitos meliponicultores e colegas do meio pensam, a boca de sapo é uma abelha tão boa quanto outras mais criados e populares, e ainda ela leva uma vantagem estráordinaria com relação as outras espécies de abelhas sem ferrão, onde fazem seus ninhos em muitos lugares diferentes e com facilidade se multiplicam!

Seu mel é muito saboroso e limpo, e elas são grandes coletadoras de pólen, visitando muitas espécies de plantas e árvores do meio urbano.

Um fator que deixa muitos com duvida em relação a sua higiene e conduta é por causa da falta de chuvas (falta o barro), ela assim acaba pegando excrementos de animais para usar na parte externa de seu ninho, mas isso não julga nada, pois a maioria da nossa tão popular e criada racionalmente Mandaçaia também coleta fezes para marcar território na área externa de seu enxame!

Particularmente para mim ela é uma das abelhas que tem a entrada mais linda de todas as ASF, e seus ninhos coletados de forma certa é uma bela forma de enfeitar o meliponário, como nas fotos abaixo...









Outra bonita forma de salvar a abelha, e que não tem jeito de tirar seu ninho sem quebrar suas estruturas é retirar o enxame e colocar em uma caixa racional, onde ela vai fazer sua entrada também de forma escultural.

Início da construção da entrada...

Partes finais...


Portando se você achar alguém que queira matar está artista do meio das abelhas diga a está pessoa o quanto ela é importante para a flora local!




Onde se tem um enxame, por perto deve ter vários com o passar dos anos!

Um grande abraço a todos...














4 comentários:

  1. Amigo belíssima explanação sobre a boca de sapo, abelha que produz um mel delicioso e aromático.

    Vendo suas postagens antigas verifiquei que você cria a lambe olhos e eu estou interessado em comprar alguns enxames se você tiver para vender.

    Se tiver interesse meu Email é chicralla@globo.com.

    Abraços e parabéns pelo Blog.

    Antonio Carlos Chicralla

    ResponderExcluir
  2. olá Felipe visitei seu blog meliponário abelha de ouro, achei muito interessante a sua divulgação com as abelhas sem ferrão.Sou da Bahia e trabalho especificamente com abelhas sem ferrão também com as espécies conhecida popularmente como: Mandaçaia e Uruçu.Agora vou iniciar um trabalho sobre atividade de vôo de Partamona Helleri,se for possível gostaria de sabe se pode me ajudar em algumas informações já que tem experiência com essas abelhas.

    desde já agradeço.
    Jaqueline Macena Pereira

    ResponderExcluir
  3. olá felipe, moro no RN e no quintal do meu visinho tem uma abelha só que eu não sei a diferença entre a cupira e a arapuá, gostaria de saber porque a arapuá não é valorizada e qual a medida a caixa para transferi-la e como faço para muda-las para a caixa, obrigado.

    sergioskmais@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Olá Felipe,

    Parabéns pelo seu blog. Excelente.Eu gostaria de comprar enxames de mandaçaia e borá via sedex, alguem pode me informar aonde posso encontrar?
    Prado
    opradof@hotmail.com

    ResponderExcluir